1.9.06

RECORDAR UM GRANDE POETA DO SÉC. XX

Ruy Belo (1933 /1978)



Conhecem S. João da Ribeira? Fica perto da Ribeira de S. João, concelho de Rio Maior. Quem entra na A-15, vindo da A-8 a caminho de Santarém, encontra a saída para esta aldeia.
O que tem ela de especial?
É a terra natal de Ruy Belo, poeta enorme, que não me canso de revisitar. E é lá que ele está sepultado.
Mais uma vez deixei uma rosa amarela sobre a sua campa rasa.
Na pedra tumular foi gravado um poema seu, com o título de COLOFON OU EPITÁFIO


Trinta dias tem o mês
e muitas horas o dia
todo o tempo se lhe ia
em polir o seu poema
a melhor coisa que fez
ele próprio coisa feita
ruy belo portugalês
Não seria mau rapaz
quem tão ao comprido jaz
ruy belo, era uma vez

2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

"Está hoje um dia de vento e eu gosto do vento
O vento tem entrado nos meus versos de todas as maneiras e só entram nos meus versos as coisas de que gosto[...]"

Ruy Belo escreveu.

J. Moedas Duarte disse...

Obrigado Avelã. Ruy Belo é um Universo imenso