11.2.07

O BARRETE

Está na rua.
Pode-se perguntar: que tem a ver a Associação para a Defesa e Divulgação do Património Cultural de Torres Vedras com estas brincadeiras?

Tem muito a ver. O Carnaval é uma tradição antiga - e saudável! - em Torres Vedras. E um dos aspectos mais significativos é a participação de TODOS nessa festa. A ideia é não haver espectáculos encomendados, textos oficiais, brasileirices para chamar gente. Há que defender os espaços alternativos e a criatividade vinda de todos os lados e tendências. A ideia de criar uma revista de humor como O BARRETE foi a de oferecer a tal alternativa à revista "oficial" da Comissão de Carnaval. Onde fosse possível criticar, brincar com...,sobretudo com os autarcas. Claro, respeitamos o seu trabalho numa perspectiva de cidadania, mas não o sacralizamos. E achamos saudável criticar.

(Queria colocar a imagem da capa mas os "donos" do servidor andam distraídos. Talvez amanhã...)

Já percebi porque não aparecia a imagem: parece que tem "megas" a mais.
Sai imagem a preto e branco!!


7 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Sugiro uma galeria de barretes!
A Sério!!!!
POdemos fazer uma mostra blog-o-gráfica da produção oestina do Barrete...

Eu tenho vários...

J. Moedas Duarte disse...

Boa ideia, Avelã. Assim tenhamos tempo para um breve encontro de montagem da ideia.
Quem comunica primeiro?

avelaneiraflorida disse...

Desde que regressei HOJE já me deixaram com falta de ar!!!!
Mas para um cafézinho com os amigos Há sempre Tempo e Vontade!!!
Diz quais os teus buracos negros...

Palucha disse...

Não me canso de soltar altas gargalhadas com a leitura do Barrete.
Pena que ele não é mensal!

J. Moedas Duarte disse...

Bem, Palucha: fazer humor é coisa difícil. O BARRETE é mesmo um acto de amor resistente. A quê?
Ao gosto de estar vivo na comunidade em que vivemos!
E brincar é uma das coisas gostosas da vida, né? Mas fazer uma revista exige tempo, coordenação, inspiração... Coisa que lá vamos conseguindo uma vez por ano.

Anónimo disse...

Já vi uma revista dessas no barbeiro e não achei lá muita piada. Axo que são muito injustos com o presidente da camara que é uma pessoa muito trabalhadora e que faz pela nossa terra muito mais do que os outros todos antes fizeram juntos

J. Moedas Duarte disse...

Bom, caro anónimo, e como dizia o outro: "são opiniães..."

Quando se brinca com alguma figura pública, numa perspectiva crítica, pretende-se apenas dizer-lhe que estamos atentos ao que ele faz. Essa pessoa, seja quem for, tem de sentir isso. Não há nada mais perigoso do que o poder exercido em roda livre. Veja o caso ( patológico, é verdade...)do soba da Madeira...