20.10.06

Onde não chove





O reverso da medalha...

Isto passa-se na Austrália, numa região onde não chove há cinco ou seis anos.

Onde estão os "anjos da guarda"?

6 comentários:

avelaneiraflorida disse...

[...]
A água engoliu-se a si, a água dobrou-se e Ak-ana afundou outra vez,
a luz reluzindo nas profundezas,
mas deixou atrás de si o murmúrio,
ouvido por todo o lado o murmúrio:
"Criai!
Criai!
Criai!" [...]


Suméria
Trad.: Manuel João Magalhães

canela_e_jasmim disse...

Os anjinhos da meteorologia andam um bocadinho baralhados.Porque será? Esta questão também faz parte das minhas dúvidas existênciais.

J. Moedas Duarte disse...

Obrigado pelas visitas. Entretanto vou brincando com um pseudo-silogismo que aprendi quando andava no liceu:

Ou chove
ou não-chove

Se chove
logo "não-chove"

Eh! Eh!

canela_e_jasmim disse...

E também há a história do "Quem anda à chuva molha-se"
e ainda, como dizem os miudos:

"A chuva é uma grande seca!" LOL

Pois então!
Um abraço

canela_e_jasmim disse...

Se a chuva molha e seca, será uma espécie de máquina de lavar/secador?

Vou-me deitar e vou meditar acerca do assunto. Estas questões filosóficas são interessantíssimas.

Ah! E para que saibas... eu sou a mãe do rapazinho do boné. ;

Quem sai aos seus não é de Genebra... hehehe

J. Moedas Duarte disse...

Rapazinho do boné?... Complicado...
Tenho p'raí uns dez...
Ó fashavor! Podia ser um pouquinho mais "conquereta"? ...agardecia!...