6.6.07

Passeando por aí (I)






Deambulando por aí ( A15, saída para S. João da Ribeira), fui dar à aldeia de Azambujeira, concelho de Rio Maior. As fotos são do largo principal:Pelourinho, casa dos Marqueses de Borba, Igreja.




A Azambujeira teve foral de D. Filipe III em 1633. Em 1834 o concelho foi extinguido e as suas freguesias integradas no concelho de Santarém. Em 1836 foi criado o concelho de Rio Maior para o qual Azambujeira transitou.É talvez a povoação mais antiga do concelho de Rio Maior, com os seus primórdios a remontarem ao tempo de D.Sancho II. Era grande senhorio destas terras o fidalgo Bartolomeu Domingues de Carvalho e, no seu período áureo andou ligado ás casas de Sabugosa, Mursa e Soure e ao Marquês de Borba.
Segundo o livro do séc. XVIII,(costa, A.Carvalho, Corografia Portuguesa e descrição topográfica do famoso reino de Portugal. Tomo III, Lisboa 1706-1712) o seu nome deve-se ao facto de ai terem existido muitas arvores de azambujos. O azambujo é uma árvore bravia parecida com a oliveira. O seu fruto parece uma azeitona pequena. (Wikipédia)

2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Posso fazer uma pequenina "adenda"???

O azambujo é a variedade "brava" da mediterrânica oliveira...

Neste espaço é muito comum desde o princípio da Idade Média ( para não recuar mais...), podendo aparecer nos docs. com a designação de "zambujeiro"...

Aliás, os topónimos de origem vegetal são muito correntes neste espaço ribeirinho....

JMD disse...

Aceito sempre as tuas adendas, que não são feitas ao acaso. E agradeço.