3.6.07

"Riu, pegou na corda e fez girar a roldana"



O pricipezinho estava cansado. Sentou-se. Eu sentei-me ao seu lado. Primeiro , ficou uma data de tempo calado, mas depois disse:

- As estrelas são bonitas por causa de uma flor que não se vê...

Eu respondi "Claro" e pus-me a observar, calado, as pregas da areia ao luar.

- O deserto é bonito - disse o principezinho.

E era verdade. Sempre gostei do deserto. Uma pessoa senta-se numa duna. Não vê nada. Não ouve nada. E, no entanto, há qualquer coisa a brilhar no silêncio.

- O que torna o deserto bonito - disse o principezinho - é haver um poço escondido em qualquer parte...

O Pricipezinho, Antoine de Saint-Exupéry

2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

O Principezinho é um LIVRO OBRIGATÒRIO!
em qualquer idade...

JMD disse...

Um livro a re-descobrir sempre. De cada vez é como se fosse a primeira, tal a sua frescura.