7.6.07

Passeando por aí (II)







Convento de Santa Maria de Almoster ( entre Santarém e o Cartaxo)
Edifício do séc. XIII, o convento sofreu alterações posteriores. Antiga pertença de monjas cistercienses, possui um claustro ogival do século XIV. A igreja tem um pórtico gótico, um notável interior forrado a azulejos policromados do séc. XVII, um magnífico trabalho de talha na capela-mor, bem como pinturas, frescos, altares laterais e soberbas esculturas.

Pertenceu ao convento cisterciense fundado em 1287, tendo sido a rainha Santa quem mandou construir a enfermaria e o claustro, com colunas geminadas e capitéis decorados. É de três naves com cinco tramos e arcos ogivais, abrindo lateralmente por um portal gótico. Destacam-se as imagens, pinturas, altares barrocos, painéis e azulejos do séc. XVIII

(Monumento Nacional, Decreto Nº 6644 de 27-5-1920
in Património Arquitectónico e Arqueológico ClassificadoEdição promovida pelo IPPAR, 1993 )


2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

A Câmara Municipal de Santarém publicou, tempo atrás, uma obra sobre este Mosteiro: O Mosteiro de Santa Maria de Almoster, da autoria de Francisco Teixeira.Tem alguma análise, sob o ponto de vista da História de Arte e alguma Bibliografia.

Mas não tem estas belíssimas fotografias!

JMD disse...

Fico com curiosidade de conhecer essa obra.
Este edifício é monumental: a igreja, dois lanços da arcaria do claustro e a casa do capítulo com as lajes sepulcrais das abadessas são o que ainda resta, o que é lamentável.
Se Almeida Garrett lá tivesse passado nas "Viagens" ter-se-ia indignado como lhe aconteceu no Convento de S. Francisco, em Santarém...