2.5.07



(...)

Quando eu nasci,
não houve nada de novo
senão eu.

As nuvens não se espantaram,
não enlouqueceu ninguém…

P´ra que o dia fosse enorme,
bastava
toda a ternura que olhava
nos olhos de minha Mãe…
(Sebastião da Gama)

3 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Klimt e Sebastião da Gama!!!
Que mais se pode querer?????

JMD disse...

Conjugação perfeita, não é?

avelaneiraflorida disse...

Para além do amor materno...simplesmente, mais nada!!!